Header Adsggg

A chave para o sucesso no mundo dos negócios chama-se segmentação

Um dos principais erros cometidos pelas empresas é a falta de segmentação. Segmentar um grupo específico de consumidores é uma estratégia básica e necessária de Marketing. Ninguém consegue vender a mesma coisa para todas as pessoas. Se os indivíduos não pensam iguais e possuem comportamentos completamente distintos, é normal que os hábitos de consumo sigam a mesma tendência. Além do mais, o mesmo sujeito, inclusive, pode ter necessidades diferentes de acordo com o seu estágio de vida. Certamente o que você pretendia consumir aos 15 anos é diferente do que deseja agora. Por isso, é preciso uma análise minuciosa do público-alvo. A partir disso, identifica-se um perfil dos clientes a serem atendidos, a fim de criar uma oferta de valor significativamente interessante para esse grupo de pessoas. Nada impede que uma empresa atenda diversos públicos diferentes. Entretanto, para cada um deles deverá ser desenvolvida uma oferta de produto personalizada e comunicação diferenciada. Cuidando sempre, é claro, para que não haja rompimento da identidade da marca ou no foco de comercialização. Não invente de começar a vender sorvete na sua loja de sapatos. 


Outro equívoco cometido no mundo dos negócios é desenvolver uma oferta e sair atrás de clientes dispostos a adquiri-la ao preço que você entende ser lucrativo para a sua empresa.  O próprio valor do produto precisa ser compatível com a quantia que o cliente esteja disposto a pagar. De nada adianta você cria um produto maravilhoso, mas que seja fora dos padrões financeiros do público Target. Digamos que você decida atender a demanda de mulheres que desejam comprar sapatos no Brasil. É uma tarefa bem difícil. Com tantos gostos diferentes, a sua loja deveria ter milhares de modelos, investir valores astronômico em propaganda, ter diversas filiais espalhadas pelo país, além de sofrer com o acúmulo infindável de concorrentes (das lojas mais populares às grifes de luxo). Desta forma, é melhor avaliar o mercado consumidor e escolher aqueles que são mais lucrativos. Prefira obter alguma parcela de um determinado mercado do que nadar contra a corrente em um imenso oceano desconhecido.

Preste atenção neste exemplo e veja que a segmentação de público-alvo é peça-chave não apenas no planejamento de Marketing, mas também em em seu cotidiano. Digamos que você esteja disposto a encontrar o amor da sua vida. Achar a sua "cara metade", dentre milhões de pessoas, não é tarefa simples. Além, é claro, de dificultar o êxito na busca pela pessoa certa. Mas ao ler este artigo, veio-lhe a cabeça a ideia de segmentar a sua procura. Então, serão utilizadas os seguintes filtros, os quais se assemelham aos seus gostos e preferências:

Pessoas do sexo oposto ao seu;
Que residem na cidade em que você mora;
Frequentadores de salas de cinema durante a semana;
Frequentadores de bares em zonas nobres da cidade no fim de semana;
Não fumantes;
Com Ensino Superior Completo;
Sem filhos pequenos;
Entre 35 e 45 anos de idade;
Que utilizam redes sociais;

A partir dessas escolhas, provavelmente você reduzirá a margem de erros nos próximos relacionamentos e o número de pessoas para conhecer. Além disso, traçando um perfil específico de "público-alvo", no qual você se identifica e pode suprir as necessidades, a chance de sucesso no objetivo aumenta consideravelmente.

Obviamente, a comparação foi uma figura de linguagem para exemplificar como funciona uma segmentação de público-alvo. Entretanto, o raciocínio a ser feito na seara empresarial segue por semelhante caminho. A escolha é sua: segmente agora ou fique perdido no escuro para sempre!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.